Paulo Afonso, 19 de junho de 2024

A Sua Voz

Paciente reclama de desinformação nos PSF`s e da demora para realização de exames em Paulo Afonso

Da Redação Tribuna Mulungu – Publicado em 29/09/19 às 22:30

O espaço A SUA VOZ do site Tribuna Mulungu é o espaço reservado para o nosso leitor reclamar, cobrar, denunciar e até elogiar se assim o quiser.
Hoje trazemos a público a reclamação de uma paciente da rede pública municipal de saúde que diz não saber quando terá a sua solicitação de exame atendida. Veja o relato feito por ela:

No mês de maio do corrente ano, fui a Unidade Básica de Saúde da Família da Avenida Delmiro Gouveia no BTN II para consulta. Com dores na perna, solicitei ao clinico geral que atendia naquela unidade uma ultra sonografia da panturrilha, o médico me informou que iria me encaminhar para um Ortopedista, pois se esse especialista solicitasse, talvez houvesse a possibilidade do exame ser realizado esse ano, já que devido “ao grande quantitativo de prescrição desordenada desse tipo de exame”, a cota para esse ano já se esgotou.

Fui então encaminhada para um ortopedista que me atendeu no mês de julho, no centro de especialidades do BTN, ele entendeu que eu tinha razão nas queixas, e, após uma série de perguntas sobre o que eu estava sentindo e após exame local, decidiu ao final da consulta, prescrever a ultra sonografia.

Ao deixar a sala do especialista fui marcar o exame na própria unidade. A pessoa responsável por marcar os exames me confirmou o mesmo que o médico do posto havia dito antes: “Não tem mais previsão de cotas desse tipo de exame para este ano”. Perguntei se agora não seria marcado para a Policlínica já que acabara de ser inaugurada? E a funcionária me respondeu que não sabia e que eu deveria procurar o meu PSF para me informar.

Assim eu fiz. De volta ao meu PSF perguntei sobre como deveria proceder para marcar esse tipo de exame. Ela, a atendente, de imediato me respondeu que a secretaria não estava mandando cotas para o mesmo, pois nem a do marido dela tinha saído e nem tinha nenhuma previsão de sair este ano.

Perguntei então sobre a possibilidade de marcar para a policlínica através do PSF, ao que a atendente me respondeu que “não estava sabendo de nada e que desconhecia a forma de marcar exames para a Polioclínica”. 

Até a presente data, estou sem resposta. Deixei a requisição no posto para ver no que dá, e ainda não tive nenhum posicionamento sobre o meu caso.   Eu que fiquei tão feliz com a inauguração da Policlínica Regional, estou triste por não saber quando e como a coisa vai funcionar
Aproveito então o espaço para pedir a Secretaria de Saúde da prefeitura providências para solução do meu problema, que ao que parece não é só meu.

Ângela Santana, moradora do BTN II

O site Tribuna Mulungu, encaminhará a presente reclamação as autoridades da área de saúde do município de Paulo Afonso, e espera resposta em breve.

Os comentários não representam a opinião do Tribuna Mulungu. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Veja também

Relacionado Posts