Paulo Afonso, 17 de junho de 2024

Artigos

Nossa Gente, Nossa História

Por Geraldo Alves Colunista Tribuna Mulungu 11/06/2019 às 00:06

Não dá pra pensar em desenvolvimento sem pensar em como contar nossa história, para tratar de nossos momentos de glória assim como de frustrações. Como não falar das emoções de cada passo em prol do crescimento e do reconhecimento de puder entender, que é preciso ler para aprimorar e alimentar os nossos sonhos de puder crescer. Nosso mulungu é símbolo de resistência em meio à caatinga é preciso muita ginga e como em uma roda de capoeira não existem barreira.

“Toda caminhada começa no primeiro passo” assim disse o poeta cantador. Tomado pela alegria de ser convocado pra compor esse “time” de feras e falar de nossa história. Sou assumidamente um crítico político enquanto comunicador popular procuro falar das coisas que provocam certo incômodo. Atravessamos um momento histórico onde ter coragem de expressar tudo que tem nos causado repulsa faz gerar uma infinidade de divergências. Nunca imaginei que pensar pudesse provocar tanto ódio e até um governo quisesse o pensamento criminalizar. Sei que à história não irá perdoar quem insistir em tentar calar a voz dos/as que ousam gritar e denunciar à violência, que está institucionalizada.

Talvez a grande expectativa seja de que temos muito à criticar mais sabemos que é preciso analisar com profundidade cada momento da nossa história, e muitas das vezes rememorar nossas vivências é o apoio as causas que nos trouxeram importantes saberes. A luta popular nunca irá deixar de buscar defender os interesses coletivos. Assim, nós nos propusemos não parar de apoiar causas que promovam justiça social. E é por meio da comunicação popular que não vamos arredar em momento algum.

Geraldo Alves – Comunicador Popular

Foto: Palo Brasil

Os comentários não representam a opinião do Tribuna Mulungu. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Veja também

Relacionado Posts