Paulo Afonso, 22 de maio de 2024

Cidadania

Secretaria de Educação promove encontro de pais de alunos com deficiência

Por ASCOM/PMPA em 03/10/2019 às 17:20

Nesta quinta-feira (3), familiares de alunos com deficiência matriculados na rede municipal de ensino participaram de econtros para aprender como lidar com as dificuldades decorrentes das limitações desse grupo.

O evento foi promovido pela Secretaria Municipal de Educação, em dois momentos: pala manhã, no auditório da Escola Municipal João Bosco Ribeiro,e à tarde, na Escola Rivadalva de Carvalho. 

O objetivo, segundo a secretária Elza Brito, foi  orientar os familiares sobre a importância da integração com a escola para facilitar e incentivar a frequância do aluno.

 “Nesse encontro nós estamos reafirmando a parceria da escola com as famílias de alunos com deficiência, entendendo que, de mãos dadas,  podemos descobrir o que a rede de ensino e as famílias têm a oferecer a esses alunos. É um encontro de formação para orientar as famílias a facilitar que essas crianças cheguem à escola, onde terão mais oportunidade de aprendizagem. É um desafio, mas, unindo forças, os empecilhos serão dirimidos, e a inclusão tem que sair do papel e acontecer de fato”, falou Elza.

Segundo a secretária, atualmente quase 600 alunos com deficiência estão matriculados na rede. Ela reforça que o papel das famílias é fundamental para construir um vínculo entre eles e os educadores.

O presidente do Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência (Compede), Lúcio Flávio, proferiu uma palestra intitulada Família e Escola: parceria que dá certo. Ele enfatiza que a participação dos pais e familiares é importante para que a escola ofereça um tratamento especial a esses alunos.

“As famílias de alunos com deficiência, matriculados na rede municipal de educação, vivenciam dificuldades no dia-a-dia devido à sensibilidade de seus filhos. Por serem crianças chamadas especiais, elas necessitam de maior atenção. Nossa palestra é um momento de interação entre educadores e familiares, porque a escola necessita da participação das famílias para oferecer uma educação de qualidade aos alunos com deficiência”, falou Lúcio Flávio.

Os comentários não representam a opinião do Tribuna Mulungu. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Veja também

Relacionado Posts