Paulo Afonso, 22 de julho de 2024

Polícia

Revoltado com o término, homem não tem piedade e mata filha e a prima dela com um martelo

Um homem identificado como Davi Souza Miranda não conseguiu aceitar o término do relacionamento de 9 anos com sua esposa e optou por buscar vingança. Ele matou a filha, Luiza Fernanda da Silva Miranda, de 5 anos, a golpes de martelo.

Além disso, o suspeito também tirou a vida da prima da filha, Ana Beatriz da Silva Albuquerque, de 4 anos, e submeteu a mãe dela a tortura. Davi foi detido neste sábado (23) após capotar o carro durante a fuga do local dos crimes, em Senador Camará, na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

O relacionamento de Davi com sua ex-esposa, Nayla Albuquerque, chegou ao fim há cerca de um mês. A separação ocorreu devido às constantes ameaças que Nayla vinha sofrendo. Em uma entrevista à TV Globo, a mulher revelou ter solicitado uma ordem de restrição para proteger tanto ela quanto a filha, porém, a Justiça não concedeu a medida à pequena.

Devido à proibição de se aproximar de sua ex-esposa, a irmã de Nayla decidiu levar a sobrinha para visitar o pai. Na chegada ao local, ela foi amarrada e submetida a tortura, enquanto as crianças foram brutalmente assassinadas com golpes de martelo.

Em um determinado momento, a irmã de Nayla conseguiu escapar e buscar ajuda junto aos vizinhos, que as socorreram para um hospital. A criança de 4 anos não resistiu e faleceu ao chegar à unidade médica, enquanto a de 5 anos morreu a caminho.

Após os crimes, Davi percorreu mais de 40 quilômetros e acabou sofrendo um acidente de carro. Moradores da região se aproximaram para prestar socorro e encontraram um celular tocando no meio do mato. Ao atenderem a ligação, foram informados de que o homem havia acabado de cometer o terrível crime, tirando a vida de duas crianças.

Os comentários não representam a opinião do Tribuna Mulungu. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Veja também

Relacionado Posts