Paulo Afonso, 10 de agosto de 2022

Geral

Produtor terá subsídio da Prefeitura no Projeto de Mecanização Rural e não arcará com nenhum custo para o preparo do solo

A Prefeitura de Paulo Afonso, por meio da Secretaria de Agricultura e Aquicultura, traz mais um benefício para o homem do campo. Durante reunião realizada com o Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural (CMDRS), nesta quarta-feira (3), a equipe apresentou a adesão ao projeto de Mecanização Rural (Promer), que permitirá ao produtor ter o preparo do solo sem nenhum custo.

O programa de mecanização desenvolvido pelo Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) e CAR, em parceria com a Prefeitura, visa fornecer subsídios financeiros para preparo de solo para plantio e limpeza de aguadas e barragens.

O custo da hora máquina, que está em R$ 100,00, será custeado em R$ 60,00 pela Prefeitura e R$ 40,00 pelo Estado. “Com essa adesão ao programa o município vai ter um ganho maior de eficiência na aração. A ideia era que o Governo do Estado faça uma adesão com R$ 40,00 por hora máquina, a prefeitura com mais R$ 40,00 e o produtor R$ 20,00; no entanto, o prefeito Luiz de Deus nos concedeu essa virtude de custear esses R$ 20,00 do produtor, então a gente vai entrar com R$ 60,00 e o Estado com R$40. Esta ação vai melhorar e aumentar gradativamente, porque ao invés de sete tratores que a gente dispõe, vai aumentar mais com os da associação e, consequentemente, o nível de aração”, diz o secretário Jandirson Campos Torres.

Durante a reunião ainda foi tratado o Programa Garantia Safra, onde neste ano mais 500 pessoas foram contempladas, totalizando dois mil participantes. O encontro, que acontece mensalmente, é acompanhado pelo Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural (CMDRS), Codevasf, sociedade civil, sindicatos, Assessoria e Gestão em Estudo da Natureza Desenvolvimento Humano e Agroecologia (Agendha) e os presidentes das associações.

Para o representante da Covevasf, Charles Fabian, a importância da reunião são os passos que vêm sendo dado com as comunidades e as instituições. “A reunião de hoje basicamente foi a adesão do programa Mecanização Rural, que são as bases que nós estamos formando para melhorar o sistema de aproveitamento agrícola, aproveitar essas chuvas que estão vindo e ceder aração de terra, gradação de terra e perfuração de poços. A Prefeitura é importante nesse fato, que vem trabalhando bem junto com as instituições do Governo do Estado, com a Codevasf e com a comunidade. A comunidade está percebendo que a gente tem que andar junto, tem que participar, tem que reivindicar e nós estamos aqui para executar essas políticas e graças a Deus vem dando tudo certo. O programa está aí e se Deus quiser vai ser um sucesso”, finaliza.

Autor: Ascom/PMPA

Os comentários não representam a opinião do Tribuna Mulungu. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Veja também

Relacionado Posts