Paulo Afonso, 22 de maio de 2024

Paulo Afonso

“Meu irmão se sacrificou para me salvar e minha mãe morreu de joelhos com ele”, diz sobrevivente do incêndio que comoveu Paulo Afonso

Com Informações do Pa4 (www.pa4.com.br)

Augusto César, 19 anos, que perdeu a mãe e o irmão mais velho durante incêndio ocorrido na madrugada do último sábado, 30 de março, publicou um depoimento comovente sobre a tragédia que lhe tirou as pessoas que mais amava.

A casa da família, localizada na rua Perimetral 3, no Bairro Perpétuo Socorro, em Paulo Afonso-BA, foi consumida pelas chamas. A mãe, Sonia Maria da Conceição, de 46 anos e o irmão Igor Rafael da Conceição Lima, de 22 anos, morreram carbonizados. César que também estava no imóvel, conseguiu escapar pelo telhado. Ele relatou detalhes do ocorrido e diz que deve sua vida ao irmão.

“O fogo se tomou pela frente da casa que era nossa única passagem, acordei com os gritos de angústia deles. Foi tudo muito rápido, por um breve momento achei que íamos ficar todos todos bem e com vida. Meu irmão me ajudou a sair subir pela parede mais alta da casa para gritar por ajuda, mas no momento em que eu estava para ajudá-los, não adiantava mais, o gás estourou e eu deixe de escutá-los implorando pela vida. Naquele momento, eu sabia o que tinha acontecido, eu queria ter salvado eles. Perdemos tudo o que construímos, mas o pior que eu não os verei de novo”, contou Augusto.

Na mensagem dramática, ele reforçou que deve sua vida ao irmão que morreu para lhe salvar. “Meu irmão se sacrificou para salvar a minha vida. E minha mãe morreu de joelhos com ele. Não sei porque o Senhor não me levou junto. Não ter vocês aqui presente dói só de pensar. Eu ainda não consigo acreditar, foi tudo tão rápido, eu não pude me despedir” (VEJA ÍNTEGRA ABAIXO).

Sônia e os filhos Igor e Augusto, que sobreviveu, faziam parte da Igreja Congregação Cristã do Brasil.

Os comentários não representam a opinião do Tribuna Mulungu. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Veja também

Relacionado Posts