Paulo Afonso, 10 de agosto de 2022

Polícia

Jovem curte foto de colega em rede social e acaba morto

Um jovem de 23 anos morreu após ter sido baleado dentro da farmácia que trabalhava, na zona rural da cidade de Itabaiana, no interior de Sergipe. O crime aconteceu em abril e os suspeitos foram presos na última quarta-feira (3). Carlos Eduardo Santos de Jesus teria sido morto porque curtiu as fotos de uma antiga colega de trabalho em uma rede social, o que pode ter causado a ira do ex-marido dela.

Os investigadores da Polícia Civil chegaram a três pessoas, eles seriam o ex-marido, apontando como o mandante do crime; o suposto executor, que atirou contra a vítima; e um comparsa dele, que deu suporte durante o assassinato.


Investigação

Segundo o delegado responsável pelo caso, durante as investigações, foi possível constatar que a vítima já havia trabalhado na mesma empresa que a mulher, mas não tinha nenhum tipo de relacionamento amoroso com ela.

“A investigação está sendo concluída pelo indiciamento por homicídio por motivo fútil, torpe e foi usando recurso que impossibilitou a defesa da vítima”, disse Tarcísio Tenório, em entrevista ao G1.
À época do assassinato, a polícia sergipana trabalhou com a hipótese de que a vítima morreu durante um assalto, já que o crime aconteceu na fármacia onde ela trabalhava. Além dos três suspeitos, os agentes apreenderam uma espingarda, um revólver, veículos e vestimentas.

Os comentários não representam a opinião do Tribuna Mulungu. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Veja também

Relacionado Posts