Paulo Afonso, 23 de fevereiro de 2024

Geral

Embalagens vazias de agrotóxicos serão recolhidas a partir desta segunda-feira (11)

Por: ASCOM/PMPA – Publicado em 06/11/19 às 16:35

Em todo o país existem 110 centrais e 270 postos de recebimento de embalagens

Na segunda-feira (11), a Prefeitura de Paulo Afonso, em parceria com a Associação do Comércio Agropecuário do Vale do São Francisco (Acavasf) vai iniciar o recolhimento de embalagens vazias de agrotóxicos.

O engenheiro agrônomo da Secretaria de Agricultura e Aquicultura, Arquimedes Farias, fala sobre a importância do recolhimento dessas embalagens. “Essa parceria é de extrema importância, tendo em vista a preocupação do município com descarte correto. A Acavasf recolhe as embalagens e recicla o material e quem agradece é o meio ambiente”, afirma.

De acordo com o engenheiro, os produtores rurais poderão entregar as embalagens nos seguintes pontos – no Lote 1 do projeto de Palma Forrageira, no Povoado Baixa do Boi; no  povoado Caiçara I, no projeto de irrigação e no Povoado Ludovico, em frente ao projeto de irrigação. Arquimedes ressalta que no final do prazo da coleta haverá uma fiscalização de órgãos do meio ambiente e, o produtor que não tiver entregado a embalagem no prazo, será multado.

Nos últimos dez anos, o percentual de embalagens plásticas colocadas no mercado que são recolhidas pela indústria após o uso do produto nas lavouras atingiu 95%.

Segundo o diretor-presidente do Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias (Inpev), João Cesar Rando, esse índice tornou o país líder e referência mundial no tema. Em segundo lugar vem a França, com 77%, seguida pelo Canadá, com 73%.

A política de recolhimento das embalagens está impetrada na Lei Federal nº 9.974, que ordena a prática, é de 2000, e foi regulamenta dois anos depois com o Decreto Federal nº 4.074, que determinou a responsabilidade compartilhada.

Os comentários não representam a opinião do Tribuna Mulungu. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Veja também

Relacionado Posts