Paulo Afonso, 13 de agosto de 2022

Segurança

Comerciantes do BTN se reúnem hoje com autoridades policiais, prefeitura e câmara para tratar de segurança pública

Os empresários e comerciantes do bairro Tancredo Neves fizeram um abaixo assinado e enviaram convite ao Comandante do 20º BPM, ao Delegado Regional de Policia Civil, ao Prefeito e a Câmara de Vereadores de Paulo Afonso, tratando dos problemas relacionados a segurança pública no bairro Tancredo Neves e adjacências, e convidando essas autoridades para uma reunião no bairro Tancredo Neves.

A reunião será realizada hoje, quarta-feira, 10 de novembro, às 19:30hs, no auditório da praça CEU no BTN I (Campo do Flamengo). No documento enviado as autoridades, os comerciantes expressaram sua preocupação com os assaltos e furtos que veem ocorrendo no bairro nos últimos meses e pedem providências.

Propostas:

O documento, além de relatar os acontecimentos, apresenta propostas para o combate a criminalidade na área:

  • O retorno imediato das rondas de policiais militares em dupla (P.O). Uma vez que já vivenciamos essa experiência e tivemos uma significativa redução de pequenos assaltos ao comércio e aos cidadãos que transitam pelas ruas.
  • A implantação de um rodízio de Base Comunitária Móvel da Polícia Militar em pontos estratégicos da cidade e de maior possibilidade de ações criminosas, como nos centros comerciais. 
  • O estudo para concurso público para contratação de novos efetivos de guardas municipais e de trânsito do município.
  • Instalação de mais câmeras de segurança com base de monitoramento compartilhado com guardas municipais e de trânsito e Polícia militar.
  • O retorno do projeto Ronda nos Bairros. Acreditamos que as rondas permanentes 24h por dias contribuem diretamente para o combate e a redução da violência e criminalidade. Estimamos que o programa pode beneficiar diretamente de 50 a 60 mil pessoas levando em consideração os bairros Tancredo Neves 1, 2, 3 e adjacências.

A esperança é de que a partir desta reunião ações concretas sejam tomadas, de forma que a população do BTN possa ter um pouco mais de tranquilidade para viver e trabalhar.

 

Os comentários não representam a opinião do Tribuna Mulungu. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Veja também

Relacionado Posts