Paulo Afonso, 10 de agosto de 2022

Educação

Certificados de conclusão do curso de manutenção de motocicletas são entregues e tem uma mulher como participante

A jovem Débora Andrea foi o destaque da turma de 12 alunos que receberam os certificados de conclusão do curso de manutenção de motocicletas, realizado pela Secretaria de Desenvolvimento Social, por meio do Programa Inclusão Produtiva, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai).

Única mulher em meio a 11 homens, a garota agradeceu pela oportunidade de poder se especializar no que gosta de trabalhar. “Eu só tenho a agradecer a vocês. Eu não só aprendi com o curso, mas como com o professor e com cada um que está aqui. Eu já tive contato com motos e sempre tive vontade de aprender sobre o funcionamento delas, quando surgiu uma oportunidade de trabalhar com uma coisa que gostava foi incrível para mim”.

Com um total de 200 horas, a capacitação muda a vida dos jovens, que agora têm uma formação em uma área específica. “Foi com muita alegria que entregamos os certificados a cada um, agora profissionais de manutenção de motocicletas. Esperamos que com esse aprendizado que eles receberam entrem no mercado de trabalho mais experientes e confiantes”, diz a secretária Cíntia Rosena.

No encontro, através do Programa Acessuas Trabalho, foi ministrada por Mônica Maria, uma palestra sobre Marketing no Empreendedorismo. O vice-prefeito Marcondes Francisco também participou da entrega. “Tenho certeza que esse curso foi muito proveitoso para os alunos. Eu parabenizo a todos e desejo um futuro de sucesso”, diz Marcondes.

Para Hudson Roque, um dos concluintes do curso, foi uma experiência muito grande. “O curso traz a parte teórica, prática e as aulas com o professor foi muito boa. Com três dias já comecei a trabalhar em uma mecânica aqui na cidade. O curso foi maravilhoso e consegui colocar em prática no dia a dia”, ressaltou.

Ainda participaram da solenidade de entrega, o representante do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), Carlos Humberto, a coordenadora do Programa Inclusão Produtiva, Rosário Soares e a servidora Jamara Barbosa.

O Programa Inclusão Produtiva é um benefício da rede socioassistencial, que tem como objetivo capacitar os moradores da área urbana e do meio rural do município, visando à geração de emprego e renda, bem como valorizar as potencialidades locais, contribuindo para a auto sustentabilidade das famílias.

Autor: Ascom/PMPA

Os comentários não representam a opinião do Tribuna Mulungu. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Veja também

Relacionado Posts