Paulo Afonso, 25 de fevereiro de 2024

Cultura

Afável Hospitalidade

Aqui no Sertão tudo é ornado de muita simplicidade, receberemos vocês com muito carinho.
Acho que a presença e a união é o que realmente importa, pois diante da vida que nos é tão curta e corrida resta-nos vivê-la intensamente como se não existisse o amanhã.

Temos consciência de que as boas lembranças é o que fica, são esses momentos cheios de alegria, de confiança paz e pureza que nos faz livres, nos dando a certeza de uma outra vida, que seja celestial, celebrada pelo convívio dos que ficam.

Observo aqui e agora que o tempo nos reserva momentos de pura nostalgia em que jovens são capazes de reviver momentos de puro romantismo, já outros vivem presos no mundo virtual em que o uso do tablet, do PC e mesmo do celular horas a fio, tira-nos a possibilidade de sermos mais intensos.

Ao mesmo tempo é muito bom quando descobrimos que há aqueles que puxam pela memória e usam o coração, num momento sem igual e afirmam crê na alegria, na felicidade e no amor, pois assim o poeta já afirmava que o mundo pertence a aqueles que amam.

Assim sendo as relações tornam-se mais amistosas e capazes de numa entrega socializarem sonhos, tornando-as histórias mais felizes.

Portanto, cabe a cada um de nós partilhar a nossa essência e alegrias na forma mais nordestina possível, ao som de uma bela sanfona e disposição, até o dia amanhecer.

Hélia Santos

Os comentários não representam a opinião do Tribuna Mulungu. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Veja também

Relacionado Posts