Paulo Afonso, 22 de julho de 2024

Paulo Afonso

2ª Conferência Estadual de Gestão do Trabalho da Educação na Saúde da Bahia discute propostas para as Conferências Estadual e Nacional

Na manhã desta quinta-feira (20), foi realizada a 2ª Conferência Estadual de Gestão do Trabalho da Educação na Saúde da Bahia, no Auditório da Escola João Bosco. O evento teve como objetivo socializar as ações que estão sendo realizadas na saúde, bem como traçar diretrizes com a participação popular para serem levadas para as Conferências Estadual e Nacional.

O prefeito em exercício, Marcondes Francisco, e o secretário de Saúde, Alexei Vinicius estiveram presentes, juntamente com servidores e representações de diversos segmentos da saúde. “Nesse encontro os participantes irão acolher propostas, além da escolha dos novos delegados. É um momento muito importante essa conferência. O Sistema Único de Saúde é um dos maiores e mais complexo sistema de saúde públicos do mundo, então a gente tem que afirmar e impulsionar os princípios e diretrizes do SUS para garantir a saúde como um direito humano”, diz o gestor.

De acordo com o secretário Alexei, a conferência foi extremamente importante para discutir e transformar em ações concretas que visem a melhorias da assistência à saúde da população de Paulo Afonso. “Profissionais da saúde e usuários do SUS, duas vertentes que precisam ser realmente discutidas, valorizadas e essa conferência trata justamente disso, da gestão do trabalho e da educação permanente. Se preocupa com o profissional, as condições que o profissional tem para trabalhar para que ele possa prestar um bom atendimento para os usuários do SUS”, explicou.

O encontro contou com palestra do Conselheiro Estadual da Saúde, Victor Barbosa. “A Conferência de Gestão do Trabalho da Educação na Saúde tem uma grande importância pelo tempo que ela já aconteceu no Estado, a primeira aconteceu há quase 20 anos e ela tem uma extrema importância tanto na educação da população, como na formação de profissionais, em uma gestão mais participativa, com a população inserida no processo, uma saúde de qualidade”, ressaltou Victor.

 

Os comentários não representam a opinião do Tribuna Mulungu. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Veja também

Relacionado Posts