Suicídio: quando um sorriso esconde um grito de socorro

Suicídio: quando um sorriso esconde um grito de socorro

Por Patricia Santos- Publicado em 06/11/2020 às 13:32

A tragédia de Iago Elias, ocorrida ontem (05), e a de muitos pauloafonsinos que cometeram suicídio anteriormente deixa claro para todos que, embora algumas pessoas sempre estejam sorrindo, puxando assunto, postando fotos nas redes sociais, isso não quer dizer que a vida delas seja completamente saudável.

Infelizmente, é comum vivermos imersos em aparências e muitas pessoas se isolam em uma bolha, às vezes protegidos nas redes sociais e nas rodas de amigos. O sorriso e a vida perfeita muitas vezes escondem a verdade, os problemas familiares, os problemas com autoestima e os problemas em olhar para o futuro e se enxergar nele.

Uma das mensagem postadas na rede social de Iago Elias, após a sua morte, me chamou bastante a atenção: “Pow irmão o que vc foi fazer..pq não pediu ajuda? Que notícia ruim meu Deus…que vc encontre a sua paz primo..me desculpa por eu não ter notado enquanto vc estava aqui em casa. Lamentou um primo da vítima.

Imagino o sentimento de culpa que esse jovem sentiu por não ter percebido que o primo necessitava de ajuda. Precisamos nos atentarmos mais às pessoas ao nosso redor, conversamos mais sobre saúde metal.

A verdade é que, por trás de cada sorriso, pode existir uma dor também. Acontece que, às vezes, guardamos só para nós, e quando nos damos conta do que estava acontecendo, essa dor pode ter se tornado uma depressão profunda, e pode até ser tarde demais.


Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *