Ministério da Saúde deve apresentar plano de vacinação contra covid-19 em novembro

Ministério da Saúde deve apresentar plano de vacinação contra covid-19 em novembro

Da Redação- Publicado em 21/10/2020 às 07:17

O governo brasileiro deve apresentar até 30 de novembro um plano detalhado de vacinação contra a covid-19, incluindo uma provável campanha nacional para iniciar a imunização até 20 de janeiro, afirmou o governador do Piauí, Wellington Dias (PT), após participar hoje do encontro com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, e demais governadores.

“Até final de novembro, uma câmara técnica que foi criada… vai apresentar o detalhamento da estratégia de vacinação de maneira que a gente tenha tempo para a implementação disso”, disse o governador em entrevista à Reuters após o encontro.

“Você vai ter que cuidar de investimentos já de agora para garantir a armazenagem, qualificação e treinamento das equipes que vão fazer a vacinação. E o outro ponto é a perspectiva de até meados de janeiro, por volta de 15 a 20 de janeiro, ter o início do processo de vacinação, pode ser até antes, mas de forma até conservadora o calendário colocado este é o patamar”.

Segundo Dias, o ministério concordou com a sugestão apresentada por governadores para que haja uma ordem de prioridade para tomar a vacina e que ela seja agendada. A intenção é imunizar primeiro quem tem comorbidades ou mais de 60 anos, grupo responsável pela maioria das mortes por covid-19.

No encontro, Pazuello disse que a potencial vacina chinesa da Sinovac contra a covid-19 será incorporada ao Programa Nacional de Imunizações, a despeito das críticas do presidente Jair Bolsonaro ao imunizante que será produzido no país pelo Instituto Butantan, de São Paulo, vinculado ao governo do desafeto João Doria (PSDB).

O governo federal se comprometeu a comprar 46 milhões de doses da vacinas, Dias minimizou. “A gente saiu com coisas concretas. Independentemente de partidos, quem é governo e é oposição, estamos tratando de salvar vidas”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *