Maus tratos a animal, é crime ambiental

Maus tratos a animal, é crime ambiental

Tipificado como crime ambiental os maus tratos aos animais carecem de maior monitoramento e autuação por parte dos órgãos municipal de controle de zoonoses com uma equipe especializada contendo agentes de fiscalização.

É também uma questão de saúde publica, cuidar da saúde animal, e ofertar aparelhos públicos com condições dignas.
No caso de Paulo Afonso, existe não só a zoonoses como também a secretária do meio ambiente e o conselho municipal do meio ambiente, inclusive o conselho pode ser acionado enquanto controle social frente à identificação de áreas com maior povoamento de animais, em situação de abandono e vítimas de maus tratos.

A ARDAP – tem desempenhado um trabalho positivo, porém ainda carece de maior apoio.

As comunidades populares quase nunca fazem parte de um cronograma de fiscalização precedido de uma mobilização educativa. A comunidade escolar como alternativa de dialogo enquanto temática transversal e multidisciplinar junto à grade curricular pode ser pautada no conselho municipal de educação pública.

Sugestão: Combater os maus tratos aos animais por meio do processo educacional e de prática cidadã.

Geraldo Alves – Comunicador popular, colunista do Tribuna Mulungu, profissional em RH, ADM do grupo Mercado Livre BTN, ativista político e social.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *