Vai buscar o vírus na rua por quê?

Vai buscar o vírus na rua por quê?

Não consigo entender o que acontece no Brasil, deixando de fora as loucuras do presidente, um irresponsável e incompetente deputado, eleito e reeleito diversas vezes usando o que de mais chulo existe na politica, dele nada de bom se poderia ou deveria esperar.
Durante a campanha eleitoral de 2018 disse isso inúmeras vezes, e não o fiz sozinho, mas infelizmente não nos escutaram.

Prefeitos e governadores que em sua maioria agiram com extrema responsabilidade no inicio da pandemia, agora na ascendente da doença, começam a relaxar a guarda, e eu até sei por que fazem isso, já que a pressão é crescente do lado dos que querem abrir e não existe reação dos que entendem que o melhor é permanecer fechado.
Eu sei sim como é difícil manter as lojas fechadas, eu sei como é duro perceber que muitos dos que fecharam suas portas, não vão voltar a abrir suas lojas por não terem capital suficiente pra mantê-las fechadas na crise, sem ajuda para pagar funcionários, aluguel e as outras despesas do negócio.
Isso teria sido resolvido se tivéssemos na presidência da república um ser sensato, nem precisava ser um grande estadista, bastava alguém de bom senso para conduzir o pais unido em meio a tempestade.

Os lojistas pressionam os governantes, pois sem poder abrir, assistem aos hipermercados lotados vendendo de tudo, inclusive os produtos que nas lojas de rua estão mofando nas prateleiras, ao mesmo tempo em que ajudam a disseminar o vírus com as aglomerações que se formam as suas portas.
Além disso nas lotéricas e bancos o mesmo quadro de aglomeração é observado, e o risco de propagação do vírus acaba por se tornar mais evidente nesses locais, o que gera o inevitável questionamento sobre o por que de somente eles não poderem abrir as suas lojas.

Eu não tenho a varinha mágica para apresentar a solução, mas sei que ela começa por mim, passa por você que lê esse texto e só se resolve com a adesão de todos a mesma causa: Vencer o Vírus.
Nós estamos chegando a 100 MIL MORTOS. Isso é como se 85% da população de Paulo Afonso tivesse morrido. e o pior, não há nenhum sinal de que o avanço da doença esteja sendo contido.

Abrir agora, que é o que parece que vai acabar por acontecer aqui e na maioria das cidades, é muito perigoso, e essa estúpida sensação de normalidade que nos atinge e anestesia, como se todas essas mortes fosse algo comum, simples e inevitável, afeta a nossa capacidade de entender que muito pior seria se não tivesse sido implantado o distanciamento social, mesmo mambembe como tem sido, outras centenas de milhares de mortes foram evitadas.

Vamos sair dessa anestesia, vamos evitar que a doença nos atinja, vamos ficar em casa, vamos usar a máscara, vamos evitar ir pra rua desnecessariamente. Se for a um local, seja banco, lotérica, supermercado ou loja, mantenha distância do outro, evite aglomeração, deixe para fazer amanhã o que poderia fazer hoje se isso implicar em risco a sua saúde ou a saúde dos outros.
Vamos deixar de jogar pros outros o que é da nossa responsabilidade. O Comércio abriu? e daí? Vai comprar roupa nova pra quê? Vai comprar bebida pra comemorar o quê? Vai bater perna por ai por quê?
O que mais vai lhe fazer falta? essas coisas que podem esperar um momento mais adequado, ou aquele parente que você ama e que pode morrer por que você contraiu esse vírus na rua e o levou pra dentro da sua casa?


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *